Home Pesquisa
Pesquisa

Alunos e professores do Departamento de Museologia atuam em projetos de pesquisa e de iniciação científica no âmbito da UFOP.

 

Estão em atividade as seguintes linhas de pesquisa (ano de criação):

Museologia e Processos Museais Aplicados (2009)

Museologia e Patrimônio (2010)

Museologia e Arqueologia (2010)

Museologia, Museus e Gênero (2010)

Gestão de Coleções (2015)

 

 

Os projetos em desenvolvimento ou já desenvolvidos são:

 

Projeto Inventário dos Bens Móveis e Integrados da Paróquia Nossa Senhora do Pilar/Museu de Arte Sacra de Ouro Preto (2015/2017)

 

O projeto Inventário dos Bens Móveis e Integrados da Paróquia Nossa Senhora do Pilar/Museus de Arte Sacra de Ouro Preto tem como objetivos revisar, atualizar e modernizar o trabalho realizado na década de 80 do século XX, bem como realizar o inventário dos bens integrados que não foram contemplados naquele momento. O projeto que se insere na linha de pesquisa, Gestão de Coleções do Departamento de Museologia da Escola de Direito, Turismo e Museologia da UFOP está sendo desenvolvido, a partir dos conceitos teóricos da Museologia e do Patrimônio, das políticas públicas e as ferramentas legais da atualidade e dos recursos da Tecnologia da Informação no desenvolvimento e implantação de Banco de Dados Informatizado que permitirá um controle, recuperação e disseminação da informação, a partir de vocabulário controlado, glossários e thesaurus que atenda a uma demanda interna e externa da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar/Museu de Arte Sacra de Ouro Preto, sendo esta local do projeto piloto; em etapa posterior o projeto será implantado em toda a Arquidiocese de Mariana.

O projeto proposto, elaborado e coordenado pela Prof. Dr.ª Vania Carvalho do Departamento de Museologia da Escola de Direito Turismo e Museologia, conta com a participação do Prof. Dr. Celio Macedo, como Coordenador de História da Arte, e parceria de Inovação Tecnológica com o Departamento de Computação do Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, através da Prof.ª Dr.ª Amanda Nascimento e a AUTOMIC – Empresa Júnior de Engenharia de Controle e Automação/UFOP.

 

Equipe de Trabalho UFOP:

Departamento de Museologia - DEMUL

Prof.ª Dr.ª Vania Carvalho – Coordenação do Projeto

PROF. Dr. Celio Macedo – Coordenação de História da Arte

Departamento de Computação - DECOM

Prof.ª Dr.ª Amanda Nascimento – Coordenação de Informática

AUTOMIC – Empresa Júnior de Engenharia de Controle e Automação/UFOP

Paróquia de Nossa Senhora do Pilar/Museu de Arte Sacra de Ouro Preto – Arquidiocese de Mariana:

Sr. Carlos José Aparecida de Oliveira – Diretor do Museu de Arte Sacra de Ouro Preto

Graduandos de Museologia (2015/2016):

André Luiz da Silva Paulo, Cristiane de Souza Xavier, Gabriel Eugenio de Sales, Kalila Assis Amorim, Marília Geralda de Freitas, Natalia Castro de Figueiredo, Nathalia de Fátima Moreira, Nayara Thayhumy Costa Fagundes, Tania Maria Matias Ferreira.

Graduandos de Museologia (2016/2017):

Gabriel Eugenio de Sales, Maritsa Sá Freire Costa, Matheus Rodrigues da Cruz, Nayara Thayhumy Costa Fagundes, Tania Maria Matias Ferreira.

Maritsa Sá Freire (PIBIC/CNPq - 2015/2016)


 


A atuação da mulher na Escola de Farmácia de Ouro Preto de 1839 à 1939: informação e representação no acervo documental e iconográfico do Museu da Pharmácia  (2013/2014).

 

 

À partir do levantamento documental e iconográfico no período selecionado (1839-1939) no acervo documental do Museu da Pharmácia e da reflexão sobre os alcances e potencialidades dos estudos teóricos e aplicados em Museologia nossa pesquisa visa refletir sobre museus, memória, gênero e ciência partindo da história e trajetória das mulheres que bacharelaram-se na Escola de Farmácia nos seus 100 primeiros anos de funcionamento.

 

Equipe de Trabalho UFOP:

Profa. MSc. Ana Cristina Audebert Ramos de Oliveira - Orientadora; Michelle Louise Guimarães da Silva ( Bolsa PIP-PROPP-UFOP - graduação em Museologia - UFOP)

 


Levantamento do Acervo do Setor de Química Empregando a Metodologia do Thesaurus de Acervos Científicos (2013/2014)

 

 

Conforme todo o museu no cumprimento de sua missão, o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da UFOP (MCT) atua na preservação, pesquisa, documentação e divulgação da memória científica. Uma área fundamental dentro da instituição é a de documentação museológica, imprescindível para a identificação e conseqüente problematização da cultura material da ciência e da técnica. Desta forma, o MCT em articulação com o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) e o Museu de Ciência da Universidade de Lisboa (MCUL) em Portugal passaram a empreender esforços na tentativa de elaboração de um instrumento de controle termológico que pudesse ser utilizado não só por estes museus, mas por toda uma rede de instituições detentoras de acervos científicos. Assim o projeto utilizará a metodologia desenvolvida no thesaurus terminológico para acervos de objetos científicos que dessa forma passa a constituir um instrumento de trabalho e de recuperação da informação, facilitando a comunicação entre os museus de ciência e técnica da esfera lusófona, sobretudo Portugal e Brasil. Portanto terminada a contribuição inicial do projeto à elaboração da publicação, a mesma metodologia e a experiência adquirida pela equipe é empregada a acervos das coleções do MCT, particularmente na investigação de equipamentos incorporados quando da criação do Setor de Química do museu.

 

Equipe de Trabalho UFOP: Prof. MSc. Gilson Antônio Nunes – Orientador; Conservador/Restaurador Edson Fialho de Rezende – Co-Orientador; Naelcy Cristiana Barroso ( Bolsa PROBIC-PROPP-UFOP-FAPEMIG - graduação em Museologia - UFOP)



Determinação da Poluição Luminosa no Núcleo Urbano de Ouro Preto (2012/2013)

 

No desenvolvimento do presente projeto, além da análise qualitativa da iluminação pública no núcleo urbano, pretende-se quantificar a poluição luminosa através da adoção de parâmetros de comparação e mensurar o desperdício de energia elétrica ocasionado por este tipo de poluição. Espera-se conseguir aperfeiçoar diretrizes que possam adequar a iluminação pública nas proximidades do observatório astronômico (sítio astronômico), à sua atividade científico-pedagógica, sem prejuízo para os moradores e a população.

 

Equipe de Trabalho UFOP:

Prof. MSC. MSc. Gilson Antônio Nunes – Orientador; Thiago Ribeiro da Silva Nascimento (Bolsa PIPES-PROPP-UFOP - graduação em Engenharia Ambiental - UFOP)

 

 


Projeto: Elaboração de Thesaurus de Instrumentos Científicos em Língua Portuguesa - MCT-EM-UFOP (2010/2012)

 

 

O projeto realiza ações de levantamento de fontes, relação de acervos do Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da UFOP, elaboração dos descritores de cada modelo e equipamento e registro fotográfico visando contribuir para a elaboração do Thesaurus de Instrumentos Científicos em Língua Portuguesa.

 

O projeto de iniciação científica no âmbito da UFOP integra a ação internacional, coordenado pelo Museu de Ciência da Universidade de Lisboa (MCUL) e pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins do Rio de Janeiro (MAST), financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) de Portugal e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) do Brasil.

 

Site do Projeto: http://chcul.fc.ul.pt/thesaurus/

 

Equipe de Trabalho UFOP:Prof. MSc. Gilson Antônio Nunes - Orientador;Carlos Augusto Jotta ( Bolsa PIP-PROPP-UFOP - graduação em Museologia - UFOP);Felipe Hoffman ( graduação em Museologia - UFOP);

Mercedes Estela Rainho ( Bolsa BIT CNPq - historiadora - graduação em Museologia - UFOP)

 

 


Projeto Levantamento Iconográfico do Setor de Transporte Ferroviário do Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da UFOP (2010/2011)

 

 

O projeto pesquisa em bibliografia, catálogos e outras fontes da Biblioteca de Obras Raras e Arquivo Histórico da Escola de Minas da UFOP, levantando e digitalizando fotografias de locomotivas e das pontes ferroviárias do trecho que liga Ouro Preto a Mariana, com o objetivo de ilustrar os vídeos produzidos pelo Programa Vale Registrar do Trem da Vale. Os vídeos produzidos “Locomotiva” e “Pontes Ferroviárias” serão exibidos nos totens presentes no Setor de Transporte Ferroviário do Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da UFOP localizado na Estação Ferroviária de Ouro Preto.

 

Equipe de Trabalho UFOP:

Prof. MSc. Gilson Antônio Nunes - Orientador;

Laís Cristina da Mata e Sousa (Bolsa Permanência-PREACE-UFOP - graduação em Museologia - UFOP);

Rodney Maia (Bolsa Permanência-PREACE-UFOP - graduação em Museologia - UFOP)

 


Projeto de Pesquisa "Ouro Preto - Cidade Museal: Problemas, Propostas, Potencialidades" (2010/2011)

 

Estabelecer e difundir nova leitura de Ouro Preto, baseada na característica que se tornou pregnante, nessa cidade - a de "cidade patrimônio" - é o objetivo maior deste projeto. Para isso insere-se no campo teórico, com base em matriz filosófica, o conceito de "cidade!" articulado à idéia de "espaço", "tempo" e "narrativas" no âmbito do imaginário e simbólico.

O advento da "cidade-patrimônio" em sua dinâmica política será abordado como matriz de identidades articuladas ao espaço. Este projeto justifica-se por buscar leituras alternativas do espaço urbano ouropretano, para a formulação de novas propostas de debate político e de gestão. Algumas questões nortearam sua concepção: (1) como formular a cidade de Ouro Preto como "cidade-patrimônio"; (2) como formular a cidade de Ouro Preto como "cidade-museu"; (3) como equilibrar as características de permanência, próprias da "cidade-patrimônio" com a dinâmica própria das cidades; (4) como a "cidade-museu" pode contribuir para a compreensão e difusão da "cidade-patrimônio" em sua dinâmica. Este projeto parte do pressuposto do espaço como um 'dado' a ser conceituado, e não apenas a ser considerado como uma representação do tempo. É um pressuposto da proposta de pesquisa que essa problemática é, de certa forma, a dos museus e das cidades-patrimônio.

 

 

Equipe de Trabalho UFOP:

Prof. Dr. José Neves Bittencourt - Orientador, Departamento de Museologia;

Profa. MSc. Priscilla Arigoni Coelho - Co-orientadora, Departamento de Museologia;

André Leandro Gonçalves Silva (Graduando de Museologia - Bolsista PIP Especial/UFOP e Pró-Ativa Voluntario/UFOP);

Natalia do Carmo Oliveira Apolinário (Graduando de História - Bolsista PIVIC/UFOP);

Claudia Maria Garcia Guerrero (Graduando de Museologia - Bolsista Pró-Ativa Voluntario/UFOP);

Rebeca Novaes César (Graduando de Museologia - Bolsista Pró-Ativa Voluntario/UFOP);

Vaneska Maria Lopes Viana (Graduando de Museologia - Bolsista Pró-Ativa Voluntario/UFOP).

 


Projeto de Pesquisa "Raízes da Memória: Organização e Exposição de Documentos Inéditos do Cotidiano de Uma Fazenda Em Minas Gerais nos Séculos XVIII e XIX" (2010/2011)

 

O presente projeto pretende ser fruto de um diálogo entre a história, arquivologia e a museologia, áreas distintas, mas afins, com foco e métodos originalmente parecidos. Ele se debruça sobre o mesmo objeto: um fundo documental inédito que apresenta aspectos cotidianos dos séculos XVIII e XIX de uma fazenda localizada no Sul de Minas Gerais, no município de Bom Sucesso. Seu obejtivo é organizar e "historicizar" os documentos doados pela ex-proprietária da fazenda a "Sra. Eudith Mendes da Rocha". Trata-se de acervo composto por documentos diversos, tais como: Cartas de Sesmaria, escrituras de venda, registros de compra, de nascimentos e de óbitos de escravos, cartas, bilhetes etc. Em geral, a documentação apresenta a vida de uma fazenda do interior de Minas e de das famílias que ali viveram e produzira, a família do Sr. "Francisco Ferreira da Silva" e de seus descendentes "Carlos Ferreira da Rocha", pai da Sra. Eudith Mendes da Rocha. O acervo constitui-se, portanto, em um importante fundo para a análise econômica e social da região, bem como para os interesses da uma micro-história associada a história dessa família. Em um primeiro momento, o que se pretende é fazer a organização, limpeza e inventário dos referidos documentos, inclusive, para posterior confecção de carta de doação ou de documento de concessão de uso dos mesmos na pesquisa acadêmica. Num segundo momento, a pretensão é a de fazer ou refazer a história da fazenda e dos seus principais personagens. Finalmente, depois de concluído o trabalho prévio, "musealizar" os documentos em exposição que versará sobre a história dessa fazenda e das pessoas que nela viveram. A reunião das três pesquisas, quais sejam: inventário documental, história e musealização da história da fazenda contribuirão não só para uma defesa da História da agricultura e agropecuária do Estado de Minas Gerais, mas também, para o resgate da memória desses personagens que, de certa forma, foram essenciais para formar a realidade econômica de Minas nos séculos XVIII a XIX.

 

 

Equipe de Trabalho UFOP:

Prof. Dr. Álvaro Antunes - Orientador, Departamento de História;

Profa. MSc. Priscilla Arigoni Coelho - Co-orientadora, Departamento de Museologia;

Alessandra Maria de Moura Freire (Graduando de Museologia - Bolsista PIVIC/UFOP);

Débora Walter dos Reis (Graduando de História - Bolsista PIVIC/UFOP).

 

 


Projeto de pesquisa "Gênero e público nos museus em Ouro Preto" (2010/2011)

A pesquisa visa preencher a lacuna existente no âmbito dos estudos museológicos ao refletir sobre Gênero e Museologia.  Realiza estudos de público visitante nos museus selecionados e investiga a prática colecionista feminina. A metodologia inclui levantamento, leitura e fichamento de bibliografia especializada, identificação de público (livros de visita), entrevistas e questionários  bem como análise de temas e discursos expográficos ligados à cultura feminina.

 

Equipe de Trabalho UFOP:Prof.ª MSc. Ana Cristina Audebert Ramos de Oliveira. Orientadora, Departamento de Museologia;
Gustavo Nascimento Paes (Graduando em Museologia - Bolsista PIP Especial/UFOP)
Thayane Martins (Graduanda em Museologia - Voluntária)